web 2.0

TV Web

Carregando...

Bolaines, o cumprimento das Escrituras?


Ez 47:8 - Então me disse: Estas águas saem para a região oriental e, descendo pela Arabá, entrarão no Mar Morto, e ao entrarem nas águas salgadas, estas se tornarão saudáveis.

A muitos anos atrás, quando Deus destruiu as cidades de Sodoma e Gomorra, a região que era composta de campinas verdejantes (Gn 13:10) passou a ser um lugar estéril, onde nenhuma vida pode-se habitar devido a enorme concentração de sal que ali se encontra.


Aquela região tornou-se uma enorme depressão de aproximadamente 80 quilômetros de cumprimento por 18 quilômetros de largura, local esse onde vida nenhuma pode existir. Mas Deus permitiu que por muitos anos o Rio Jordão despejasse suas águas nessa cratera até que se formasse um enorme lago no local. Ainda assim, as águas doces do Rio Jordão caem nesse buraco e imediatamente é completamente transformada em águas muitíssimo salgadas.

Nessas águas salgadas organismo nenhum pode subsistir, vegetação alguma pode nascer, e nem mesmo a mais resistente bactéria consegue sobreviver, pois, a água é dez vezes mais salgada que qualquer água de mar que possa existir na face da terra. Justamente por isso esse imenso lago foi chamado de "Mar Morto".

A primeira referencia a esse mar esta em Gn. 14:3 quando o mesmo é chamado de Mar Salgado. É chamado também de Mar da Arabá ou da Campina (Dt 3:7; Js 3:16), mas adquiriu o nome de Mar Morto provavelmente em meados do século II A.D.

Não bastasse esse fato das águas serem imprestáveis, nos últimos 50 anos o Mar Morto perdeu um terço de suas águas, fato esse que tem se agravado a cada ano, pois, o mar tem recuado um metro por ano, ou seja, o mar está secando.

Os políticos, nos últimos anos têm estudado projetos para restaurar o mar, no entanto, todos os projetos se esbarram nos conflitos existem entre os povos da região assim como na dificuldade financeira pelo fato do mesmo ser oneroso.

Mas, inexplicavelmente, de alguns anos para cá começaram a surgir nas praias deste mar alguns buracos com medida de 30 metros de diâmetro por 7 metros de profundidade, buracos esses que tem tragado tudo que há sobre o solo, inclusive casas.

Ainda o mais interessante de tudo é que desses buracos brotam águas doces e saudáveis que estão se dirigindo ao Mar Morto e o inexplicável é que essas águas doces não se misturam com as águas salgadas. Em outras palavras, as águas doces estão aos poucos penetrando no mar morto como que se a substituir essas águas imprestáveis.

A ciência não consegue explicar como que pode em um solo extremamente salgado nascer e se conservar águas doces e saudáveis. Para estes buracos os cientistas deram o nome de “Bolaines”, mas para esse fenômeno que eles não conseguem explicar não há outra explicação senão que seja um Milagre de Deus e o cumprimento das Escrituras Sagradas.

Ez 47:9 - E por onde quer que entrar o rio viverá todo ser vivente que vive em enxames, e haverá muitíssimo peixe; porque lá chegarão estas águas, para que as águas do mar se tornem doces, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio.


Pr. Waldex Silva
De nosso livro: Reflexões teológicas da atualidade  
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998
Reproduções dos textos 
somente com devida autorização do autor.

2 comentários:

Dump de Memória disse...

Pr. Waldex :

Existe vida sim no mar morto, é o Archaea, um micróbio que vive em condições extremas.

Abs

Verdades biblicas 2 disse...

segundo estudos o mar morto tem a forma de um embrião, o que nos revela segundo cremos , é que esse embrião vai nascer ter vida no inicio do reindo milenar. serão saradas shalom adonai Ev; Carlos nascimento.