web 2.0

A Eleição e a Presciência de Deus

Como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor. E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade. Ef 1:4-5

Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos. E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou. Rom 8:29-30

A eleição dos santos é um assunto que sempre teve e sempre terá muitos opositores, visto ser mal compreendida, distorcida e contrariada pela mente carnal. Não obstante, é um principio fundamental da obra redentora de Cristo e de Sua Maravilhosa Graça Salvadora. Ela é a expressão da Soberania de Deus, de Sua Graça e de Seu Amor Infinito para com a humanidade, porém, como já dita, mal compreendida.


Os versos em apreço não tratam de um assunto que possa ser interpretado como injustiça da parte de Deus, como muitos o vêem, visto que a graça de Deus foi derramada sobre toda a humanidade.

O fato de muitos não serem eleitos não é algo que podemos imputar a Deus como injustiça, mas ao próprio homem com sua natureza perversa e pecaminosa resistente a essa Graça Salvadora. Rm (1:28-32)

Em Sua Presciência Deus conhece o coração de todos os homens e estabelece a eleição de todos aqueles que nEle crerem.

Outro detalhe que precisamos levar em consideração é que Deus habita no tempo Kayrós (tempo de Deus, eternidade) e os homens no tempo Khronos (tempo cronológico). Leia nosso artigo:

Fora do Khronos, na eternidade (Kayrós), Deus já realizou a Sua obra redentora, visto que Salomão em Eclesiastes registrou:

“O que é já foi; e o que há de ser, também já foi...” Ec. 3:15

Em outras palavras, o presente, passado e futuro estão na eternidade e na eternidade de Deus já aconteceram.

É necessário notar ainda em Rm 8:30 que os verbos se encontram no Pretérito perfeito simples:
"... e os que justificou, e estes glorificou" (v.30b).

Isso nos indica que Paulo, inspirado pelo Espírito Santo e não movido pela sabedoria humana, nos apresenta o plano divino como já realizado, pois, para Deus não existe o fator tempo, Ele ocupa a Eternidade, que não tem começo nem fim.

A Bíblia deixa bem claro que é de vontade de Deus que todos os homens sejam salvos e que cheguem ao arrependimento, e não deseja que ninguém se perca:

Porque a graça de Deus se manifestou salvadora a todos os homens. Tt 2:11

Todavia, haverá aqueles que resistirão a graça de Deus e rejeitarão a Cristo como Salvador:

Aquele que me rejeita e não acolhe as minhas palavras tem quem o julgue; a Palavra que proclamei essa o julgará no último dia. (Jo 12:48)

Rejeitar a graça de Deus é lutar contra a obra da salvação realizada através do Espírito Santo de Deus:

Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei. E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo. (Jo 16:7-8)

O homem pode até resistir ao Espírito Santo e não ser salvo, porém, não tem condição alguma em influenciar em sua própria salvação, pois, ela é obra única e exclusiva de Deus:

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus... Ef 2:8
Que nos salvou e nos chamou com uma santa vocação, não em virtude das nossas obras, mas por causa da sua própria determinação e graça. 2T m 1:9

A estes, aos que crêem no seu nome, Deus em sua presciência, os elegeu desde o princípio para a salvação:

Mas devemos sempre dar graças a Deus por vós, irmãos amados do Senhor, por vos ter Deus elegido desde o princípio para a salvação, em santificação do Espírito, e fé da verdade. 2 Tes 2:13

Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998 - Reproduções dos textos somente com devida autorização do autor.
Facebook: http://www.facebook.com/prwaldex
Twitter: @prwaldex

1 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, e verifiquei que eu estava a seguir sem foto, por motivo de uma acção do google, tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.