web 2.0

TV Web

Carregando...

A soberba e a ignomínia

A soberba do homem o abaterá, mas a honra sustentará o humilde de espírito. (Pv 29:23)
Está muito claro aqui o que as Escrituras nos ensinam: não existe honra sem humildade. O verdadeiro servo de Deus arrependido sabe que Deus se agrada de um espírito quebrantado e contrito.
Ó Deus o meu sacrifício é um espírito humilde, tu não rejeitarás um coração humilde e arrependido. (Sl. 51:17)
Conquistamos nosso perdão pela justiça de Deus através de Cristo, o que nos é concedido pela fé:
E seja achado nele, não tendo como minha justiça a que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé (Fp 3.9). 
Jesus apregoou perdão e livramento a todos que o seguiam, conscientizando sempre aqueles que eram beneficiados sobre a eficácia da fé (Lc 7.50; 8.48; 17.19). Deus sempre honrou nossa fé, quando confiamos piamente nEle de todo o coração. Nosso Deus é soberano e honra a todos aqueles que o honram.

Certa vez o rei Assuero chamou Hamã e lhe perguntou o que deveria ser feito a um homem que ele, o rei, gostaria de honrar. Hamã, tão engrandecido em seu próprio orgulho, disse consigo mesmo:
A quem se agradaria o rei honrar mais do que a mim? (Et 6.7).
A bíblia diz que:
Os sábios herdarão honra, mas a exaltação dos loucos se converte em ignomínia. (Pv 3:35)
Como é verdadeira essa palavra e como deve ter sido tão vergonhoso e humilhante para Hamã. Onde houver soberba sempre haverá ignomínia. Hamã odiava Mordecai por este não o reverenciar e agora foi obrigado conduzi-lo pela cidade, sobre o cavalo do rei, vestido com o manto do rei, a dizer:
Assim se faz ao homem a quem o rei se agrada honrar! (Et 6.11)
Bem diz as Escrituras:
A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda. (Pv 16:18)

De nosso livro:
Obreiro aprovado: A excelência do ministério
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998 - Reproduções dos textos somente com devida autorização do autor.
Facebook: http://www.facebook.com/prwaldex
Twitter: @prwaldex

0 comentários: