web 2.0

TV Web

Carregando...

O demônio do meio dia



Saul antes de ser rei até que era um tanto humilde (1 Sm 9:21) e conforme a promessa de Deus através de Samuel ele foi revestido do Espírito de Deus (1 Sm 11.6), porém, no segundo ano de seu reinado a soberba começou a lhe subir ao coração e começou ele a entrar pelo caminho da desobediência.

Apesar de Deus haver lhe mudado o coração em outro (1 Sm 10.9) Saul desprezou a unção do Espírito de Deus que estava sobre sua vida e entrou pelo caminho da apostasia. Ainda assim o Senhor estava lhe concedendo oportunidades para arrependimento, no entanto, Saul nunca demonstrava arrependimento genuíno procurando sempre apresentar desculpas ao invés de confessar a Deus seus erros que sempre eram acompanhados da tentativa de se justificar acusando os outros.


Saul insuflado de orgulho e inveja (1 Sm 13.8-14; 18.8), fechou-se para o melhor de Deus e o resultado não poderia ser pior, tornou-se um alvo da psicose maníaco-depressiva, ou seja, do transtorno bipolar. Esse mal é uma desordem cerebral que causa alterações incomuns no humor, energia e na capacidade de desempenhar suas funções, porém, as Escrituras tem outro nome para isso: demônio (1 Sm 16.14).

Comentando sobre o transtorno bipolar em seu livro “O demônio do meio-dia”, Andrew Solomon diz:

O maior perigo da enfermidade maníaco-depressiva é que ela as vezes irrompe no que é chamado de estados mistos, nos quais a pessoa fica maniacamente deprimida – cheia de sentimentos negativos e exuberante com relação a eles. Essa é a condição perfeita para provocar suicídio ... (O demônio do meio-dia - Uma anatomia da depressão, Andrew Solomon, pág. 47).

Saul se encaixava perfeitamente nesta descrição que, inclusive, terminou como descrito por Andrew Solomon. Saul era agitadíssimo, extremamente impaciente, com inquietação física e mental. Ele não possuía a menor capacidade de discernimento das circunstancias, era agressivo e muitíssimo atribulado. O motivo de tudo isso foi a incessante desobediência a Deus e seu real ingresso no caminho da apostasia. Justamente por isso diz as Escrituras que “O Espírito do Senhor se retirou de Saul...” 

Se homens que conheceram a Deus, que “foram iluminados e provaram o dom celestial, e se fizeram participantes do Espírito Santo, e provaram a boa palavra de Deus, e os poderes do mundo vindouro” (Hb 6.4), podem perder a unção do Espírito Santo de Deus e entrar pelo caminho da apostasia ficando a mercê de demônios, muito mais perigo correm aqueles que não querem nem saber de Deus e desprezam a Palavra de Salvação.

Tais pessoas buscam a cura nas drogas, em tratamentos médicos caríssimos e em terapias que não levam a nada sem saber que a cura verdadeira está em Jesus. 

Jesus disse:

Mt 11.28-30 - Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo e leve.

Somente Jesus tem a solução para os problemas do homem. Justamente por isso, depois de uma palavra dura contra a incredulidade de alguns, algumas pessoas deixaram de seguir a Jesus, quando o Senhor, dirigindo-se a seus discípulos lhes perguntou se queriam fazer companhia a aqueles que se retiravam. E então Pedro, respondeu:

“Senhor, para quem iremos nós? Somente tu tens as palavras da vida eterna.” (Jo 6.68)


Pr. Waldex Silva
De nosso livro: Reflexões teológicas da atualidade  
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998
Reproduções dos textos 
somente com devida autorização do autor.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tenho depressão e síndrome do pânico, diagnosticado por psquiatra. Tomo medicação, façominha parte, mas peço a Deus em minhas orações que me livre desse mal, pois tenho um Deus maior do que qualquer doença. Quem fizer parte desse grupo, creia, a libertação está chegando em nome do senhor Jesus, nãoperdi minha fé...

rosivaldo disse...

Minha esposa teve sindrome do pânico logo que perdeu o Pai. Fomos varias vezes a medicos e nada. Ate que um dia houve um despertar de um médico de um posto de saude e lhe disse: Até quando vc vai querer se matar e matar os outros q sao proximos a vc - reaja?
Dai tomei posição de guerreiro quando nas madrugadas dava o suadeiro nas maos, respiração que faltava, vontade de chorar e aceleração da batida do coração, foi que Eu (esposo) entrei com mta autoridade orando, ungindo e decretando que satanas nao tinha legalidade na vida dela. Foi um desafio, madrugadas a fio. Mas Jesus veio e libertou a minha amada no poderoso nome Dele.
Casais façam assim que dá certo.