web 2.0

A rebelião dos anjos

Em paralelo a Gn 1.1-2 a bíblia cita o tipo de vida que existia na terra antes de Adão.

Ez 28.13 Estiveste no Éden, jardim de Deus; cobrias-te de toda pedra preciosa: a cornalina, o topázio, o ônix, a crisólita, o berilo, o jaspe, a safira, a granada, a esmeralda e o ouro. Em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados.14 Eu te coloquei com o querubim da guarda; estiveste sobre o monte santo de Deus; andaste no meio das pedras afogueadas. 15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que em ti se achou iniqüidade.16 Pela abundância do teu comércio o teu coração se encheu de violência, e pecaste; pelo que te lancei, profanado, fora do monte de Deus, e o querubim da guarda te expulsou do meio das pedras afogueadas. 17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei; diante dos reis te pus, para que te contemplem.


 Como vemos Deus não fez Lúcifer para habitar nos céus. Ele foi criado para viver na terra e ser seu guardião: "Estavas no Éden, jardim de Deus... (Ez 28:13a). Este era o Éden original e mineral, com todas pedras preciosas preparadas exclusivamente para Lúcifer: "...no meio das pedras afogueadas andavas" (Ez 28:14b). A terra era a morada de Lúcifer o ser mais lindo criado por Deus, o querubim ungido.

 Querubim vem da palavra hebraica "kerub". No grego temos uma única referência à palavra Xeroubin (cheroubim) que é o plural do hebraico "kerub"

No Antigo Testamento temos 66 versos que trazem a palavra "kerub". Sua primeira ocorrência descreve os seres que foram postos por Deus, como guardas, ao oriente do Jardim do Éden, quando, por causa do pecado, expulsou de lá o homem. Em outras são referências às figuras postas sobre propiciatório (tampa que protegia o conteúdo da arca da Aliança), uma em cada extremidade, provendo proteção aos objetos contidos na arca. A palavra tem seu melhor significado na tradução aportuguesada, como "aquele que cobre", ou "aquele que protege", daí entendermos que Lúcifer era o "guarda" do Éden original, pois aqui era sua habitação: "Estavas no Éden, jardim de Deus..."(Ez.28:13a).

Isaias no capitulo 14 verso 12, ao tratar do assunto fala de sua elevação, ou seja, sua suposta tentativa de usurpação da autoridade de Deus e sua queda. A referência "Eu subirei ao céu", mostra-nos a sua primeira habitação, pois aqui vivia ele, e em seguida  "acima das estrelas (anjos) de Deus exaltarei o meu trono", certamente, acima de Miguel o arcanjo que na hierarquia angelical está acima dos querubins.

 Ao se referir ao "monte da congregação me assentarei", Isaias nos mostra a intenção de Lúcifer de usurpar dos serafins suas posições, para em seguida "subirei acima das mais altas nuvens", tentando com certeza elevar sua posição acima de toda e qualquer hierarquia divina, e finalmente "serei semelhante ao Altíssimo", tentando igualar-se a Deus.

 Deus ordena a Miguel, o arcanjo guerreiro expulsa-lo de lá, juntamente com suas hostes que o acompanharam na pretensa rebelião que durou muito pouco, tamanha é a soberania dos exércitos celestiais.

Ap.12:7 e 8 - Então houve guerra no céu: Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão. E o dragão e os seus anjos batalhavam, mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou no céu. E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, que se chama o Diabo e Satanás, que engana todo o mundo; foi precipitado na terra, e os seus anjos foram precipitados com ele.

Conforme podemos ver abaixo uma terça parte dos anjos estavam com lúcifer e juntos foram expulsos do paraíso.

 Os anjos rebeldes na verdade não guardaram (não conservaram, não manteram) o seu principado (sua honestidade) mas deixaram  sua  própria  habitação ( céu), ou seja, eles foram expulsos do céu.

 Aos anjos que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, ele os tem reservado em prisões eternas na escuridão para o juízo do grande dia,  assim como Sodoma e Gomorra, e as cidades circunvizinhas, que, havendo-se prostituído como aqueles anjos, e ido após outra carne, foram postas como exemplo, sofrendo a pena do fogo eterno.Judas 1: 6 e 7.

Agora, todos juntamente tinham um lugar preparado para onde deveriam seguir:

...Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos (Mat 25 : 41)

Assim a Palavra de Deus se refere aos anjos.


Pr. Waldex Silva
De nosso livro: Reflexões teológicas da atualidade  
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998
Reproduções dos textos 
somente com devida autorização do autor.

2 comentários:

Eriston disse...

Prezado Pr Waldex, a paz do Senhor Jesus,
Por favor me tire uma dúvida:
Se Lúcifer e outros foram expulsos do Jardim do Éden, como pode voltar lá e ludibriar a Eva?

Saudações.

PR. WALDEX SILVA disse...

A paz do Senhor amado
Boa pergunta fizestes...
Mas eu tenho uma outra pergunta para voce: quem disse que o diabo voltou ao Éden?
Veja o novo post: "O que é a serpente?"
Abçs
Pr Waldex