web 2.0

TV Web

Carregando...

Exigindo de Deus...



Mc. 1.40 - E veio a ele um leproso que, de joelhos, lhe rogava, dizendo: Se quiseres, bem podes tornar-me limpo.

Vivemos dias difíceis onde a proliferação de heresias tem sido uma das maiores armas de satanás para destruição da igreja. Pela graça de Deus as armas de satanás não podem e jamais poderão impedir a caminhada da igreja justamente porque disse Jesus: Pois também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. (Mt 16.18)


Essa mesma graça que opera na vida da igreja sempre esteve disponível a todos os homens, sobretudo a aqueles que temem ao Senhor. Foi por essa Maravilhosa Graça que Rute voltou-se ao Senhor e entre seus descendentes estão o rei Davi e Jesus.

Moisés, ainda na dispensação da lei ora da seguinte forma:
                                            
Sl 90.17 Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

O apostolo Paulo acrescenta que a morte de Cristo possibilitou que essa mesma graça operasse na vida de todo ser humano para que o mesmo seja justificado mediante a redenção que há em Cristo, visto que todos se encontram debaixo de condenação.

Rm. 5.18 Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação e vida.

Rm. 3.24 sendo justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus...

O homem leproso compreendeu isso e movido pelo Espirito da Graça de Deus entendeu que sem Deus ele não era nada. Creu que Jesus era o Messias, creu que Ele era o Filho de Deus e reconheceu que a Ele foi dado todo o poder, inclusive sobre toda enfermidade. Por isso disse ele a Jesus: “Se quiseres, bem podes tornar-me limpo.”

Infelizmente muitos na atualidade vem resistindo a essa Maravilhosa Graça para satisfação de seus próprios desejos, dando lugar a muitas heresias. Uma dessas terríveis heresias é a “confissão positiva”, ensinamento onde o homem exige algo de Deus ou determina o que ele bem quer e deseja segundo seu “bel-prazer”.

A igreja de Cristo, conforme as Escrituras, é comparada a uma organização militar, onde, nós servos de Deus somos soldados de Cristo (II Tm 2.3-4). Em uma organização militar, marinha, exercito ou aeronáutica, as patentes são respeitadas e em hipótese alguma um soldado pode exigir algo de seu comandante, muito ao contrario disso, do soldado é que se é exigido. Se em uma organização militar composta de homens falhos, imperfeitos, cruéis e pecadores assim se procede, quanto mais ainda no exercito de um Deus tão Santo e justo como nosso Deus Todo Poderoso Criador de todas as coisas. De que forma poderíamos nós, miseráveis pecadores, exigir ou determinar que nosso Jesus faça ou deixe de fazer algo que desejamos?

Sem dúvida alguma devemos ser gratos ao Senhor por ter mudado o rumo de nossas vidas, por nos ter justificado diante de Deus, por ter perdoado nossos pecados e por derramar sobre nós a Sua Infinita Misericórdia que, segundo Sua Palavra, “é a causa de não sermos consumidos”(Lm 3.22).

Não existe outro verso que possa exemplificar melhor a confissão positiva do que Mt 4.3 “Chegando, então, o tentador, disse-lhe: Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães.”

Se Jesus que é o Filho de Deus não aceitou de forma alguma afrontar ao Pai determinando que algo acontecesse, porque nós teríamos o direito de faze-lo?

A Fé em Cristo aliada a graça de Deus levou o homem leproso a compreender que não existe outra forma de se alcançar a misericordia de Deus se o homem não estiver dentro da Vontade de dEle. Aquele homem tinha plena convicção de que Jesus podia cura-lo, tinha fé em Cristo, só não sabia se Jesus queria cura-lo. Por isso colocou-se em Sua plena dependencia.

I Jo 5:14 E esta é a confiança que temos nele, que se pedirmos alguma coisa segundo a Sua Vontade, ele nos ouve.

Ao contrario de muitos cristãos dos dias atuais aquele homem leproso não exigiu nada de Cristo, não procurou manipula-lo e sim colocou-se na Sua inteira dependência. O homem que reconhece sua inteira dependencia de Deus, que se humilha como bom um servo Seu e que confia em Seu cuidado, alcança de Cristo a Sua Misericordia.

Diferentemente do que ensina a confissão positiva, as Escrituras ensinam:

I Pe 5:6 Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte. 7 lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós.

Ao contrario do ato humilde daquele homem leproso muitos querem estar no comando e não querem ser comandados por Cristo.  Através dessa heresia satanica as pessoas são incentivadas a exigir e dar ordens a Deus. Criaturas ordenando ao Criador, subordinados ordenando ao Seu Superior...

Assim como satanas propôs a Jesus, “Se tu és Filho de Deus manda que estas pedras se tornem em pães”, está propondo a muitos cristãos hoje em dia, “se voce é filho, mande, exija, reividique que Deus tem que fazer sua vontade”.

Não podemos aceitar tais ensinamentos em nosso meio, pois, bem aconselha o apóstolo Paulo:

I Tm 4:1 - 1 Mas o Espírito expressamente diz que em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios, pela hipocrisia de homens que falam mentiras e têm a sua própria consciência cauterizada...

Pr. Waldex Silva
De nosso livro: Reflexões teológicas da atualidade  
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998
Reproduções dos textos 
somente com devida autorização do autor.

1 comentários:

Marco Teles disse...

Concordo plenamente com o irmão. Somos todos servos e Deus é nosso Senhor.