web 2.0

Onde está Elias?



Muitos acreditam que Elias foi levado aos céus e que já foi arrebatado, no entanto, as Escrituras não citam que haveria nenhum arrebatamento que levasse alguém ao céu antes do arrebatamento da igreja. Pensar que quando chegarmos ao céu após o arrebatamento da igreja encontraremos ali Enoque e Elias nos esperando é um grande erro, pois, Jesus afirma: Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. (João 3:13)

Isso quer dizer então que no céu não estão Enoque e Elias. Mas então, onde estão?


Primeiramente vamos ver os três casos de arrebatamento citados pelas Escrituras:

2 Rs 2:11 “E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho”

Hb. 11:5 Pela fé Enoque foi trasladado para não ver a morte; e não foi achado, porque Deus o trasladara; pois antes da sua trasladação alcançou testemunho de que agradara a Deus.

At 8:39-40 Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco, que jubiloso seguia o seu caminho. Mas Filipe achou-se em Azoto e, indo passando, evangelizava todas as cidades, até que chegou a Cesaréia.

Vamos entender agora o que significam as palavras “Arrebatar” e “Transladar”. A Pequena Enciclopédia Bíblica traz a seguinte tradução para a palavra Arrebatar: (ar.re.ba.tar) v. 1. Tirar com força ou violência; arrancar.

Já o Dicionário Web traz o seguinte significado para a palavra Transladar: v.t. Mudar (de um lugar para outro), transportar: transladou os ossos do avô para o novo jazigo.

Vemos então que uma pessoa que é arrebatada ou transladada, conforme os dicionários acima citados devem ser retirados de um lugar e levado a outro, como no caso de Felipe. Somente nesse caso a bíblia afirma claramente para onde Felipe foi levado, mas no caso de Enoque e Elias, os versículos citados não indicam para onde foram levados. No caso de Elias, por exemplo, quando afirmam as Escrituras que “Elias subiu ao céu num redemoinho”, entendemos que o escritor quis apenas afirmar que o viu sendo levado ao céu literal, ou seja, para cima. Não que ele queira dizer que Elias foi levado para junto de Deus.

Quando afirmam as Escrituras que: “Andou Enoque com Deus, e Deus o tomou para si” (Gn 5.24), não significa dizer que ele foi levado ao céu, mas simplesmente que Deus o tirou daquele lugar porque assim Ele o quis. Se Deus o houvesse levado aos céus haveria uma contradição nas palavras de Jesus em João 3:13, e isso, é impossível.

Vemos em Malaquias 4:5: “Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor”.

Não há como se afirmar que esses versos dizem respeito a João, pois, ele veio para anunciar o Messias, o Salvador, não o “grande e terrível Dia do Senhor” que está por vir. Jesus, por sua vez, se referiu ao “grande e terrível Dia do Senhor” dizendo: “Lembrai-vos da mulher de Ló”.

Os discípulos interrogaram Jesus e disseram:

“Por que dizem, pois, os escribas ser necessário que Elias venha primeiro? Então Jesus respondeu: De fato, Elias virá e restaurará todas as coisas. Eu, porém, vos declaro que Elias já veio, e não o reconheceram; antes, fizeram com ele tudo quanto quiseram. Assim também o Filho do Homem há de padecer nas mãos deles. Então, os discípulos entenderam que lhes falara a respeito de João Batista.”(Mt.17:10-13)

Jesus fala aqui de dois tempos distintos, ou seja, um tempo passado se referindo a vinda de João Batista, e um tempo futuro se referindo ao “grande e terrível Dia do Senhor”. Se Elias não morreu assim como Enoque, e não está no céu, é nesse tempo futuro que, segundo Jesus, Elias há de vir.

Os judeus ortodoxos crêem nisso e até os dias de hoje, na comemoração da páscoa, guardam um lugar para Elias a mesa, pois, para eles, Elias ainda com vida voltará a terra em cumprimento à profecia de Malaquias.

Veja o que diz o Prof. Joiade Lima:

“Entre quinze e vinte e dois de Nissan (Março/Abril), os judeus comemoram a saída do Egito, liderados por Moisés. Festa do cordeiro, dos ázimos, da Primavera é uma das festividades mais relevantes do judaísmo. É o tempo do reafirmar da consciência judaica. A casa é purificada; todos os utensílios usados para a alimentação são escaldados ou lavados em água corrente. Há famílias que possuem recipientes para usar exclusivamente durante esta festividade. Anualmente é lido o relato da saída do Egito e o filho mais novo deve perguntar ao chefe da família: ³ Em que se distingue esta noite?´ A refeição ritual do Seder permitirá a explicação. Na mesa deverá haver lugar para o profeta Elias (cadeira e cálice), vêem-se três Masot (pães sem fermento) relembrando a partida precipitada dos judeus e simbolizando a busca do povo pela liberdade...” (Apostila FATADEB, Prof. Joiade Lima, Pg. 26)

Mas afinal, se Elias não esta no céu e voltará a terra, então onde está Elias?

Vamos continuar esse assunto em breve em outro post ...


Pr. Waldex Silva
De nosso livro: Reflexões teológicas da atualidade  
Todos os direitos reservados - Lei nº 9.610 de 19/02/1998
Reproduções dos textos 
somente com devida autorização do autor.

3 comentários:

Pr. Waldex disse...

Meu caro Pb. Adamastor Mendonça de Souza, antes de comentar um post meu queira, por gentileza, ler com diligência.
Não queira comparar os membros de meu blog, por ti considerados "incautos", com voce que vive fechado no seu "mundinho limitado."

Aqueles com quem me relaciono são pessoas de mente aberta e não analisam as Escrituras com preconceito.
Aliás, quero lhe deixar um versículo para meditação:
Quem é sábio procura aprender, mas os tolos estão satisfeitos com a sua própria ignorância. [Provérbios 15.14]

Se sua bíblia diz que Elias subiu aos céus, a minha diz o mesmo e complementa com as palavras de Jesus:
Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu. (João 3:13)

Te aconselho a estudar mais a bíblia e procurar um bom curso teológico para discutir algo comigo meu caro.
Espero que não estejas na direção de nenhuma igreja, pois, tens muito ainda que aprender...

Ah sim! Mais uma coisa...
Desconheço esse termo que utilizastes: análise "sitática"...rsss.

Da próxima vez, deixe seu e-mail pra contato, pois, além de te identificar facilita para não te expor dessa forma.
Que Deus te abençoe.

Cristina disse...

Graça e Paz Pr Waldex
gostei do estudo que o sr postou
bem vi que é um entendido na Palavra de Deus, quanto a mim sou neófita ainda, mas espero um dia ter essa sabedoria. Gostaria muito que o sr me explicasse esse versiculo "E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus." (Marcos 9 : 4) porque depois que eles falaram com Jesus sumiram novamente para onde foram? desde ja agradeço. Deus te abençoe

Pr. Waldex disse...

Graça e Paz irmã.
Para maiores esclarecimentos lhe indico ler o meu post "A Transfiguração".
Link: http://prwaldex.blogspot.com/2011/03/transfiguracao.html
Qualquer duvida estou a disposição
Em Cristo
Pr Waldex