web 2.0

TV Web

Carregando...

Seria o Natal comemoração da data de nascimento de Jesus?

Em matéria publicada dia 24 de dezembro 2013 o site Gospel Mais noticiou o apoio de Silas Malafaia a favor das festividades de natal como comemoração da data de nascimento de Jesus. Na matéria, o site de notícia gospel traz um vídeo de 20 de dezembro de 2008 onde Malafaia cita seus argumentos que passo a descrever abaixo com os devidos comentários. Antes, porém, gostaria de ressaltar que a intenção nesse comentário é de apenas esclarecer o assunto sem intenção alguma de autopromoção como muitos gostam de colocar quando se trata de criticas a pessoas como o citado pastor.


Segundo o site, diz Malafaia:

“Eu nunca vi um besteirol tão grande como este de que nós não podemos celebrar o Natal, pois é uma data de uma festa pagã. O que estamos celebrando não é a data, e sim o nascimento de Cristo. O argumento estúpido também poderia ser usado para dizer que não podemos usar gravata, pois foi um gay que a inventou”.

É Incrível o comportamento de pessoas que, como o referido pastor, usa de sofisma para sustentar seus fracos argumentos supondo serem detentores da verdade. Para esses, todos aqueles que não concordam com seus devaneios falam "besteiras", mas não se dão conta de seu próprio "besteirol".

Concordo que “O nascimento de Jesus foi celebrado pelos pastores que representam o povo (Lc 1:8-12); Foi celebrado no mundo espiritual com os anjos louvando (Lc 1:12); Celebrado pelos astros, a estrela no oriente, isto é pelo universo (Mt 2:2); e pela elite, os magos do oriente (Mt 2:1)", porém, tal celebração ocorreu especificamente na data e época em que Jesus nasceu e não em datas posteriores como pretende o dia de natal. Justamente por isso não vemos o porquê comemorar o nascimento de Cristo, visto que as Sagradas Escrituras jamais citaram sobre isso, muito menos ainda como um mandamento.

Continuando Malafaia diz:

“Diria que é cômico, para não dizer que é trágico, ver aqueles que se dizem cristãos celebrarem festas judaicas e não celebrarem o nascimento de Cristo. Eu garanto, para finalizar, que só tem um que odeia a celebração do nascimento de Cristo: satanás. Você está de que lado?”

Duas coisas das mais absurdas são expressas nessas palavras:

Primeiro que, como o dito pastor, somente aqueles que concordam com seus fracos argumentos parecem ser os "verdadeiros cristãos", sendo, os contrários, aqueles que se "dizem cristãos", não são. Supostamente, parece dizer que Jesus veio somente para ele e seus seguidores e, supostamente, somente eles serão salvos. O restante, que se “dizem cristãos", pelo que parece, estão perdidos.

Em segundo lugar cito a questão que procura forçar os incautos a aceitar seus argumentos que, supostamente, demonstra a verdade, mas possui, contudo, em sua essência características ilógicas. Refiro-me a frase:

"Eu garanto, para finalizar, que só tem um que odeia a celebração do nascimento de Cristo:    satanás. Você está de que lado?"

Meu Deus! Quando faltam argumentos tais líderes não medem as palavras para convencer os demais através da força. Quanto "besteirol"!

Quer dizer que um servo de Deus está do lado do diabo somente porque não aceita suas palavras persuasivas? É o cumulo da idiotice!

Muito ao contrário disso! O diabo certamente odiou sim o dia em que Jesus nasceu, mas jamais odiará o dia de natal porque, em primeiro lugar, o natal não é data de nascimento de Jesus, e em segundo lugar, foi uma data criada pela comunidade babilônica para se cultuar ao "deus Sol", uma artimanha maligna para substituir ao “Verdadeiro Deus”.

No século quinto o natal foi oficialmente ordenado como festa cristã, mesmo dia da festividade secular romana em honra ao nascimento do "deus Sol", adorado nas tradições do sistema corrupto Babilônico. O dito “deus” era Tamuz, filho de Nimrode que era neto de Cam, filho de Noé.  Nimrode tornou-se um pervertido que, segundo escritos casou-se com sua própria mãe, Semíramis, que, por sua vez, deu a luz a Tamuz.

Semiramis, após a morte de Nimrode propagou a perversa doutrina de sua reencarnação em seu filho Tamuz. Neste falso sistema a mãe (Semiramis) e filho (Tamuz) se tornaram os principais objetos de adoração dos babilônicos. Essa adoração se propagou pelo mundo variando de nomes conforme cada raça, nação ou língua.

No século quinto os romanos se "converteram" em massa ao "cristianismo", adaptando a seus costumes e antigas crenças, inclusive sua festa do dia 25 de dezembro (dia do nascimento do deus sol), dando-lhe o título de dia do natal do Filho de Deus.

Querer persuadir alguém aceitar a tradição do natal como nascimento de Jesus é uma estratégia no mínimo herética, visto não haver embasamento bíblico nenhum para isso. Aliás, a história mostra completamente ao contrário.

Por isso, bem disse o apóstolo Paulo:

Cl 2:4 - Digo isto, para que ninguém vos engane com palavras persuasivas.

Cl 2:8 - Tendo cuidado para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo...

4 comentários:

António Jesus Batalha disse...

Cheguei ao seu blog e fiquei entusiasmado, pois foi feito com muita graça, e com muito entusiasmo.
Gostei do que vi e li, e achei um blog fantástico, onde se aprende muito.
Sou António Batalha, do blog Peregrino E Servo, se me der a honra de o visitar ficarei grato.
PS. Se desejar faça parte dos meus amigos virtuais,decerto que irei retribuir,
seguindo e divulgando seu blog.
Desejo-lhe muita paz e um Ano Novo cheio de grandes vitórias e saúde.

VOLTEMOS ÀS RAÍZES disse...

Edificante mensagem. Que a potente mão do Senhor esteja contigo !!!

Paulo Moreira disse...

eu nunca fui com o natal mesmo antes de ser cristão, pois se adora um tal de papai não eh(papai noel)e se o próprio Deus escondeu do mundo o nascimento do Sr. Jesus. SERA QUE NAO TEM INFORMAÇAO QUE O SR. JESUS jah MORREU E DEPOIS DISSO RESSUSCITOU(NASCEU DE NOVO). ¨....fazei isto em memoria de mim.....anunciais a morte do Senhor ate que venha¨ I cor.11 vs. 25 e 26, e ai a ordenança eh pro nascimento ou pra morte ? pr. Paulo Moreira

Paulo Moreira disse...

Eu mesmo antes de ser cristão jah nao era com o natal, se idolatram tanto um tal de papai não eh (papai noel, um grande enganador), e por informações fui descobrindo que estava cada vez mais com razão, SERA QUE NAO SE INFORMARAM QUE O SR. JESUS JAH MORREU E RESSUSCITOU(nasceu de novo) e biblicamente não vi nada sobre tal ordenança. Li sim que a ordem eh ¨......Fazei isto em memoria de mim......Anunciai a morte do Senhor ate que venha¨ I cor. vs. 25 e 26. (ordem do próprio Sr. Jesus Cristo) Pr. PAULO MOREIRA